Blog

Seguro agrícola: saiba o porquê você precisa proteger sua safra

Seguro-Agrícola

O trabalho rural, por mais compensador que seja, é sempre arriscado. Você, melhor do que ninguém, deve saber que o agricultor, no desejo de cultivar suas plantações, pode enfrentar problemas que prejudicam as finanças, como condições climáticas e pragas. 

Esses e outros desafios, nenhuma empresa de outro ramo experimenta. Os altos e baixos da agricultura podem incluir, inclusive, a falência. 

E você, já enfrentou os mesmos cenários em sua terra? Quais são as atitudes que você tomou para evitar a perda total ou para controlar mais danos na plantação? 

Se você já enfrentou esses problemas, ou conhece alguém que passou por algo parecido, já deve ter considerado a contratação de um seguro agrícola para reduzir suas preocupações com imprevistos. Se não, está na hora de começar a considerar. 

Para te ajudar com isso,  preparamos este texto para te ajudar a entender melhor o seguro agrícola, o motivo pelo qual ele é importante para sua lavoura e tirar suas principais dúvidas.

Acompanhe com a gente: 

  • Como funciona o seguro agrícola?
  • Por que o seguro agrícola é uma boa opção?
  • Como escolher o melhor seguro agrícola?
  • Como funciona a precificação do seguro rural no Brasil?

Como funciona o seguro agrícola?

Antes de qualquer coisa, você precisa entender melhor como o seguro protege sua produção. Por isso, confira os dois tipos de seguro rural: 

Seguro agrícola de índices climáticos: esta opção cobre eventos climáticos específicos que podem causar mudanças no rendimento da produção. A cobertura pode incluir situações como: 

  • Chuvas excessivas
  • Tromba d’água
  • Inundação
  • Queda de raio
  • Incêndio
  • Variações excessivas de temperatura
  • Ventos fortes
  • Ventos frios
  • Granizo
  • Seca
  • Geada
  • Não germinação

Seguro agrícola de produtividade, custeio e receita: esta opção protege o investimento do produtor diante da volatilidade na produção e/ou no preço da commodity. 

É importante que o produtor rural conheça essa modalidade de seguro vinculada ao custeio agrícola, a fim de garantir a produtividade e diminuir o risco de inadimplência em qualquer financiamento. 

Entretanto, isso é tema para um próximo post, porque neste vamos focar sobre a importância do seguro focado em proteção contra eventos climáticos. 

Quem trabalha com agricultura, já sabe que, na maioria das vezes, desastres e riscos estão fora do nosso controle. Por isso, é necessário tomar medidas de precaução para controlar os danos enfrentados pelos agricultores. Entre elas, uma das principais é a contratação do seguro agrícola. 

Considerando o cenário atual, o seguro agrícola deixou de ser um “ cuidado a mais” e tornou-se uma necessidade. 

Um plano como esse funciona auxiliando o produtor rural na estabilização da produção agrícola nesses casos que elencamos anteriormente, com a intenção de reduzir o impacto negativo na vida dos agricultores. 

Por meio da contratação de uma companhia de seguros de confiança, você pode resguardar sua produção de qualquer tipo de prejuízo. Tudo vai depender da cobertura contratada e da seguradora. 

A cobertura dos seguros agrícolas podem ser divididas em modalidades como:

  • Seguro para grãos;
  • Hortas;
  • Pomares;
  • Máquinas agrícolas;
  • Entre outras. 

Se tirarmos como exemplo o caso dos grãos, as principais coberturas se estendem à soja, milho, trigo e arroz. No caso do hortifruti, podem ser incluídas as plantações de tomate, banana, entre outras. 

Além disso, se desejar, você pode também optar por um seguro que ainda conta com cobertura para culturas perenes, entre elas: o café e a cana de açúcar. Florestas com fins comerciais também podem receber cobertura, como eucalipto e pinus.

Agora que você já entendeu como funciona o seguro agrícola de índices climáticos, é hora de entender o porquê, na prática, esse cuidado pode salvar seu trabalho de meses. Acompanhe: 

Por que o seguro agrícola é uma boa opção?

Como você viu, os agricultores que fazem seguro de colheita a protegem de contratempos e imprevistos. Isso é importante principalmente porque a renda de grande parte dos agricultores depende da qualidade e quantidade de suas produções. 

Esse é justamente o principal benefício de contar com um serviço agrícola: ele ajuda os agricultores na recuperação após condições climáticas extremas.

Você já deve saber que o clima e a agricultura andam de mãos dadas. As mudanças climáticas impactam diretamente o trabalho no campo. 

O aumento da frequência de chuvas e tempestades fortes, por exemplo, pode causar problemas para o agricultor devido à inundação das áreas cultivadas. Períodos de secas e de ventos fortes também prejudicam o andamento da lavoura. 

Com esse cenário, podemos perceber que o trabalho do agricultor está sempre em situação de risco, porque são questões que fogem de seu controle. 

O seguro agrícola se torna indispensável justamente como uma ação de redução de danos. Já que não podemos evitar os eventos climáticos, pelo menos precisamos estar preparados para lidar com os efeitos ruins. 

Como escolher o melhor seguro agrícola?

Tão importante quanto a contratação de um seguro agrícola é escolher uma corretora de seguros experiente, qualificada e que te ajude a avaliar completamente os riscos da sua safra. 

Por isso, escolha uma empresa que esclareça todos os pontos importantes sobre o seguro, como as coberturas, e te ajude a escolher entre as opções mais benéficas para atender às suas necessidades.

Você também deve pesquisar sobre a reputação da empresa no mercado e observar se ela é financeiramente estável. Esses cuidados vão garantir que você está fechando o negócio com uma empresa séria e confiável. 

Como funciona a precificação do seguro rural no Brasil?

A seguradora precifica a partir do risco do negócio. Quanto maior o risco, maior o valor a ser pago. No entanto, isso também pode depender da negociação. No caso do seguro agrícola, o valor varia bastante, pois a corretora considera fatores como cultura, região, tamanho da propriedade e produtividade.

Apesar de algumas pessoas acreditarem que o custo é elevado, nós, aqui da Adubasul, recomendamos sempre aos nossos parceiros que avaliem o que está em jogo. Uma seca — evento climático frequente nos últimos anos, inclusive — pode acabar com o trabalho do ano todo, além de comprometer as safras futuras. Um descuido como esse pode levar o produtor à falência. 

___________

Por tudo isso que conversamos aqui hoje com você, gostaríamos de lembrá-lo de sempre confiar nas pessoas certas quando o assunto é sua lavoura. Tanto no momento de adquirir um seguro agrícola, quanto na “simples” escolha de cada fertilizante da sua produção, você precisa confiar o que é valioso nas mãos certas. 

Por isso, se você quer falar com um especialista, que sabe o que é necessário para potencializar sua lavoura com os maiores índices nutricionais do mercado, registrados e certificados, é só entrar em contato conosco e agendar uma visita à sua propriedade. 

 

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Veja Também