Blog

Mulheres em destaque na agricultura familiar

Mulheres-agricultura-Familiar

No mês de março, as mulheres foram o destaque do Boletim da Agricultura Familiar, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

O documento destacou as conquistas alcançadas por elas na agricultura familiar, refletiu sobre o futuro e discorreu sobre possíveis melhorias nas políticas públicas e o aumento constante da participação feminina no desenvolvimento socioeconômico do país.

O intuito principal da edição especial é que façamos uma reflexão sobre formas de oferecer melhorias para a vida para trabalhadoras rurais e agricultoras familiares.

No Boletim, a Conab destacou que o número de mulheres na direção dos estabelecimentos rurais no Brasil alcançou quase 1 milhão nos últimos anos, entre 5,07 milhões, indicando um crescimento de 44,2%, em comparação ao censo realizado em 2006.

Esses números certamente refletem em nosso trabalho. Diariamente, aqui na Adubasul, acompanhamos os esforços de mulheres fortes e trabalhadoras, dedicadas ao trabalho com a agricultura, que enfrentam sazonalidades e quaisquer outros desafios para manter o Brasil produzindo alimentos.

Por reconhecermos a imensa importância da mulher na agricultura familiar — não apenas durante o mês de março, preparamos este texto para compartilhar as grandes conquistas dessas trabalhadoras nas últimas décadas. 

Acompanhe com a gente: 

  • A participação da mulher no campo tem crescido a cada ano
  • Com conhecimento, mulheres estão dominando a agricultura
  • Avanços nas políticas públicas para mulheres do campo
  • Agradecimento especial às trabalhadoras da agricultura familiar que fazem parte da Adubasul

A participação da mulher no campo tem crescido a cada ano

A presença da mulher na agricultura familiar sempre foi marcante, no entanto, de acordo com o Governo Federal, está aumentando cada vez mais ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, em 2019, a participação de mulheres como fornecedoras de produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) alcançou 80%.

Nós, da Adubasul, ficamos muito felizes com esse crescimento, porque prova que as mulheres vêm sendo incentivadas a participarem mais das cooperativas e associações, com cada vez mais acesso aos mercados e à renda. 

Trabalhamos diariamente com mulheres que tiram todo o sustento de suas famílias da lavoura. Isso é importante porque, além do campo ser um grande aliado da autonomia econômica desse grupo, essas mulheres trabalham bravamente pela consolidação da segurança alimentar de suas famílias. 

Com conhecimento, mulheres estão dominando a agricultura

A educação fortalece e profissionaliza todos os negócios rurais, e com as mulheres não é diferente.

É claro que já foi muito mais comum que mulheres precisassem lidar com ideias erradas, como a de que elas não tinham tanto conhecimento em diversos assuntos, inclusive sobre agricultura. 

Entretanto, o problema ainda persiste. Uma forma que muitas mulheres que atuam na agricultura familiar vêm abraçando para lidar com esses estigmas — e, é claro, ter sucesso na lavoura — é a profissionalização

Sabemos que, hoje, a contribuição da mulher no meio rural ocorre em todos os setores do agronegócio. Entretanto, elas ainda precisam continuar buscando a visibilidade e reconhecimento, tanto pela sociedade quanto por suas próprias famílias, uma vez que ainda são tidas como ajudantes, e não trabalhadoras de fato.

Por isso, a educação vem se mostrando cada vez mais uma forte aliada da mulher na agricultura familiar. 

É por isso que cursos de Agricultura de Precisão, e Gestão de Segurança, Saúde e Meio Ambiente de Trabalho Rural, por exemplo, são alguns dos mais procurados, majoritariamente pelo público feminino, indica a Federação da Agricultura e Pecuária. 

Isso nos mostra que as trabalhadoras estão se encorajando para continuar ganhando espaço no mercado e autonomia financeira e profissional.

Avanços nas políticas públicas para mulheres do campo

Como vimos, as mulheres são responsáveis por grande parte da produção de alimentos saudáveis no mundo, desempenhando um papel fundamental e um trabalho importante para a segurança alimentar. 

Entretanto, elas ainda são as mais vulneráveis, inclusive na questão da dificuldade do acesso à terra e aos insumos. Além disso, elas têm que se desdobrar muitas vezes nas questões domésticas, cuidados com os filhos e com a lavoura.

Por isso, um avanço importante das últimas décadas foi relacionado às políticas públicas para mulheres do campo, com o objetivo de reduzir pelo menos um pouco dessa desigualdade. 

De acordo com o Governo Federal, as principais conquistas das mulheres trabalhadoras da agricultura familiar nos últimos tempos foram: 

  • Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Ministério da Agricultura. 

O Pronaf possui uma linha de crédito chamada Pronaf Mulher, focada nas mulheres agricultoras, independente do estado civil, que financia investimentos de atividades agropecuárias, de turismo rural, de artesanato e de outras atividades no meio rural de interesse da trabalhadora. 

  • Selo Nacional da Agricultura Familiar (Senaf). Uma ferramenta de identificação, de agregação de valor e de rastreamento de produtos oriundos da agricultura familiar. 

O Senaf tem sete modalidades, entre elas o Senaf Mulher, destinado especificamente à identificação dos produtos das mulheres na agricultura familiar. 

  • Programa Fomento Mulher, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). 

Essa foi uma das políticas de maior destaque, executada pelo Incra, em 2020. Foram 10.532 contratos assinados com beneficiários de 978 assentamentos de 23 estados brasileiros, gerando um total de mais de R$ 51 milhões em recursos circulando nas economias locais.

Além desses, vários outros programas — federais e estaduais — se direcionam às mulheres da agricultura familiar, sempre com o intuito de aumentar a visibilidade e oferecer o devido reconhecimento pelo seu trabalho. Entre eles, programa de previdência social, oferta de cursos profissionalizantes gratuitos, atenção à saúde da mulher e muito mais.

Essas e outras políticas públicas de governo têm sido direcionadas de forma a fortalecer cada vez mais a mulher no meio rural, para que elas continuem garantindo suas rendas e trabalhando com mérito. 

Agradecimento especial às trabalhadoras da agricultura familiar que fazem parte da Adubasul

Ao longo da nossa experiência de trabalho com mulheres da agricultura, vimos que elas atuam e trabalham na propriedade como um todo, nas lavouras, participando da produção de diferentes culturas, capinam, estão nas colheitas e cuidam de tudo um pouco.

É por esse motivo que nós, aqui da Adubasul, reconhecemos com muito respeito o trabalho de cada mulher da agricultura familiar, especialmente as que trabalham mais próximas de nós e confiam em nossos fertilizantes

Leia mais: Como encontrar o melhor fornecedor de fertilizantes para sua lavoura?

Nosso mais sincero agradecimento por cada produção que pudemos fazer parte. Esperamos poder continuar acompanhando de perto cada conquista e todo o crescimento futuro dessa classe trabalhadora, que planta e colhe com tanto cuidado e zelo pelo alimento. 

Queremos lembrar, ainda, que a nossa parceria com as mulheres trabalhadoras rurais é constante. Apoiamos e admiramos esse árduo trabalho em todas as culturas do ano, e estamos sempre determinados a promover o melhor em fertilizantes para que esses esforços gerem ainda mais resultados positivos. 

Você quer conhecer melhor nosso trabalho e como os fertilizantes Adubasul podem melhorar cada produção? Entre em contato para saber mais e solicitar a visita de um especialista de campo.

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Veja Também