Blog

Detalhes sobre a qualidade biológica do solo

qualidade biológica do solo

O estudo da qualidade do solo integra fatores físicos, químicos e biológicos, eles definem o potencial de capacidade em manter a sustentabilidade da produção das plantas. Assim, dependendo do manejo empregado, também influenciam a qualidade do terreno.

A biota do solo desempenha importante papel na ciclagem de nutrientes. Através de vários estudos observou-se que o ambiente do solo é heterogêneo e dinâmico, sendo que sua composição é 45% minerais, 50% espaço poroso, preenchido por gases e água, e 5% de matéria orgânica. Dentro dessa matéria orgânica 4% é biomassa vida, sendo representado em 70% por microrganismos e 22% pela macrofauna. A qualidade do solo pode ser avaliada visualmente, qualitativamente ou quantitativamente.

O principal papel da fauna do solo é “acelerar a degradação dos resíduos orgânicos pela sua fragmentação, bem como misturar a matéria orgânica ao solo, contribuir no aumento da agregação e atuar como predadores de microrganismos” (Balota 2017). “O efeito da fauna do solo nas propriedades estruturais é um dos melhores indicadores de longo prazo na qualidade do solo” (Balota 2017).

As bactérias (maior grupo), os fungos, os vírus, as algas e actinomicetos compõe a microbiota do solo e participam dos processos bioquímicos como a decomposição da matéria orgânica, a produção de metabólitos, a degradação de agroquímicos e alterações nas características físicas do solo. Além de influenciar na nutrição das plantas (ciclagem de nutrientes) e o efeito rizosférico na produção de exsudatos radiculares.

O plantio direto favorece a diversidade de micorrizas e a manutenção da rede de hifas fúngicas no solo, quando empregado as gramíneas micotróficas na rotação de culturas, além de aumentar as populações de organismos benéficos, aumenta a quantidade de nitrogênio fixado no solo.

Sendo a prática de rotação de cultura recomendável pois a biomassa vegetal produzida contribui para a entrada de carbono e nitrogênio no sistema do solo, contribuindo assim para a melhor estruturação do terreno.

Outro indicativo da qualidade biológica do solo é a presença de minhocas, que tem uma função pedoecológica essencial, aumentando a aeração, a estabilidade de agregados, a infiltração de água, a mistura de materiais orgânico e mineral e a decomposição dos resíduos das plantas. Elevando a disponibilidade dos nutrientes orgânicos e inorgânicos que melhoram a produtividade do solo.

A presença da matéria orgânica no solo favorece o aumento da microbiota (vida no solo). Sendo assim os fertilizantes orgânicos Adubasul aumentam a matéria orgânica, tanto na quantidade como na qualidade da mesma, com uma relação carbono/nitrogênio em média de 12/1 e contribuindo fortemente para o metabolismo de absorção do nutriente orgânico pela planta.

Compartilhar
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Veja Também